1 de março de 2017


Resenha: Drops de Menta – Bruna Girardi Dalmas

18

Sabe quando precisamos ter uma conversa séria com alguém? Ou quando nosso dia não está sendo dos melhores? Esse livro é um diálogo a cada crônica. A escritora e psicoterapeuta Bruna nos faz mergulhar a cada crônica em situações que vivemos ou que conhecemos alguém que vive/viveu algo semelhante.

São 27 crônicas, cada uma delas nos toca de alguma forma seja por algo que um dia pensamos ou mesmo que nem sequer havíamos parado para pensar daquela forma.

“Somos uma coleção infinita e infindável de momentos, por isso somos instantes”

Com muita clareza ela nos coloca a pensar na importância de falarmos mais sobre o que estamos sentindo, o que está nos afligindo, nos incomodando e o quanto manter aquela “coisa” pode nos fazer mal.

“Para quem ama não há desvio, curva ou rua sem saída, apenas caminhos que levam aos seus pés. ”


18 comentários:

Crislane Barbosa disse... [Responder comentário]

Oi, Felipe!
O livro tem um tema interessante, mas confesso que não sei se leria o livro. Parece livro de autoajuda. Não é meu estilo. Vou passar a dica para uma amiga que curte esse tipo de livro. ^^
Beijão!
http://www.lagarota.com.br/
http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

Ivi Campos disse... [Responder comentário]

Não conhecia o livro e como adoro crônicas, já quero ler e ter esse "bate papo" que você pontuou na resneha.
MEU AMOR PELOS LIVROS
Beijos

No Conforto dos Livros disse... [Responder comentário]

Olá!! :)

Eu não conhecia este livro mas ainda bem que gostaste de fazer a leitura! Confesso que não me dou muito bem com livros de cronicas e assim.. Mas quem sabe se não me aventuro? ahah :)

Bem, acho otimoq eu ele nos leve a refletir e que todas as cronicas nos toquem de uma forma diferente e única!! :)

Boas leituras!! ;)
no-conforto-dos-livros.webnode.com

Nay Sartor disse... [Responder comentário]

Olá tudo bem?

Parece ser um livro muito bom, pelo menos a proposta dele é diferente e isso já é um ponto positivo, irei procurar saber mais sobre ele e quem sabe futuramente realizo a leitura!

Bjss

Tamires Marins disse... [Responder comentário]

Olá, Felipe

Não conhecia o livro. Não leria apenas pelo fato de ser uma coletânea de crônicas, estilo que eu não curto. Acredito que o livro poderá agradar muita gente, e mesmo sem gostar achei o objetivo dos textos bem interessante.

Beijo

Carolina Fernandes disse... [Responder comentário]

Oiii
Achei bem interessante estas citações que você colocou. Não leio muito do gênero mais fiquei interessada. Só achei o nome estranho e a capa poderia ser mais bonita. =)

Vícios e Literatura

Bruna Costabeber disse... [Responder comentário]

Oii!
Que título mais condizente com o que o livro propõe, hein?
Gostei muito de o livro propor falarmos mais sobre o que sentimos e o que está nos afligindo. Acho que falar liberta, por isso falo mais que o cotovelo.
Beijos

Eli - Leitura Entre Amigas disse... [Responder comentário]

Oi, Felipe!
Gosto de ler cronicas, são ótimas para sair da nossa zona de conforto. Esse livro parece sere bem reflexivo e com certeza dar pra aprender bastante com ele, além de também nos identificarmos!

Beijos!
Eli - Leitura Entre Amigas
http://www.leituraentreamigas.com.br/

Renata Cezimbra disse... [Responder comentário]

Oi Felipe, como está?
É um título bem inusitado para um livro apesar de que eu acho que combina, considerando que são crônicas e podemos lê-las enquanto chupamos um drops de menta. Com certeza eu gostei da temática e achei mais interessante ainda que a autora é psicoterapeuta.
Abraços e beijos da Lady Trotsky...
http://rillismo.blogspot.com

Vanessa Santos disse... [Responder comentário]

Oii td bem? Sua resenha foi breve, mas já deu pra ter uma ideia sobre o livro. Gostei bastante da temática, expressar nossos sentimentos é muito importante e necessário, reprimi-los pode até nos causar doenças. Quanto a capa eu não gostei, não achei nenhum pouco atrativa, mas o enredo parece ser muito bom, parabéns bj

Pollyanna Campos disse... [Responder comentário]

Olá, tudo bom?
Não conhecia a autora ou o livro, mas confesso que fiquei bem interessada. Adoro obras que trazem crônicas com as quais nos identificamos e identificamos problemas e situações do nosso dia a dia. Curti essa ressalva de demonstrar o que estamos sentindo. Super saudável para não nos afogarmos em nossos próprios sentimentos. Só não curti muito a capa, mas anotei a sugestão!

Beijos!!

Anelise Besson disse... [Responder comentário]

Oi!

Mesmo sendo breve, consegui entender qual é a mensagem que o livro traz. Eu gosto bastante de refletir, de ler livros sobre o assunto, então fiquei bem interessada nele. Espero poder ler me breve. :)

bjs

Ana Gabriela disse... [Responder comentário]

Achei a ideia do livro incrível e é tipo EXATAMENTE isso que eu tô precisando. Anotei aqui pra ler.
www.belapsicose.com

Diana Brito disse... [Responder comentário]

Oie, tudo bem? Sabe... ultimamente tenho desconstruído a ideia de que não gosto de contos e crônicas justamente por essa originalidade que tenho visto nas premissas dos livros. Esse por exemplo parece ser muito criativo, além de reflexivo por chamar a atenção pra temas importantes do cotidiano que costuma passar batido, por assim dizer. Bjosss

www.porredelivros.com

Krizia disse... [Responder comentário]

Olá, tuudo bem? Espero que sim.
Adoorei o enredo. E o nome lembrou-me de uma boate que tem aqui na minha cidade. O nome muito parecido. rs
Dica anotada!!

Cantinho da Bruna

Gabrielly Marques disse... [Responder comentário]

Oie, tudo bem? É a primeira vez que leio sobre esse livro e achei bem interessante a proposta. Gostei da resenha e, como gosto muito de crônicas, já anotei sua dica. Espero ter a oportunidade de conferir :D
Beijos

Nayara Borges disse... [Responder comentário]

Olá!
Eu já tinha ouvido falar desse livro e ele realmente parece ser bem interessante. Eu gosto de crônicas, então acho que eu me daria muito bem com esse livro. As vezes eu sinto que preciso colocar as coisas mais pra fora, entende? Eu sou uma pessoa que guarda tudo e tenho muita dificuldade para colocar isso pra fora, por isso esse livro me chama atenção.
Beijos,
Nay
Traveling Between Pages

Livros & Tal disse... [Responder comentário]

Olá... tudo bem?

Não conhecia o livro e nem a autora. O nome é bem criativo e diferente, e a ideia das crônicas parecem ser bem inte e profunda. Entretanto, acho que esse livro não é pra mim, pois tenh um problema com a leitura de c^ronicas :/

beijos
Livros & Tal