18 de janeiro de 2017


Resenha: Uma vez você, uma vez eu

4


Olá, queridos leitores!
Há algumas semanas, postei sobre uma parceria com o autor Diego Martello.
E hoje, venho trazer a resenha do seu primeiro livro: Uma vez você, uma vez eu .
E estava pensando em abrir um book tour para uns 5 blogs que ainda não conhecem.
Para quem quiser participar, basta deixar o e-mail, que entrarei em contato.
Vamos a resenha.

Resenha:

A estória gira em torno de Willian, um consultor, diria que de empresas, que está passando por dificuldades em seu relacionamento com o pai Marcos, e com sua esposa Eva, que esta tentando engravidar e não consegue.
A meu ver, posso dizer que no início, e até certa parte do livro, Willian tem depressão. Tudo devido ao seu relacionamento conturbado com o pai, a pressão da gravidez de Eva que só termina em frustração, e por Willian não estar satisfeito com nada.
Depois de um acidente em que Marcos machuca a perna, e com a "insistência" de Eva, Willian se vê obrigado a ir visita-lo.
Durante essa visita, Willian faz uma descoberta que irá mudar seu relacionamento com o pai daquele dia em diante.

"Não aceite nada feito, mesmo que seja de seus próprios olhos."

Sobre esse livro, o que tenho a dizer, é que de certa forma, foi um "choque". Me senti como se tivessem me perguntando o tempo todo: " você sabe o que está fazendo da sua vida?" ,"você está sabendo aproveitar o seu tempo?"
Não é um livro que pretende te dar conselhos de como passar por momentos difíceis ou conselhos.
É somente uma visão de que as vezes, as resoluções de nossos problemas dependem de como enxergamos a realidade ao nosso redor.

"Enfrentar um problema com o pré - conceito de que ele será fácil, ou pequeno, é melhor do que com o de que ele será difícil, ou gigante."

15 de janeiro de 2017


Mais Forte que o Mundo: A História de José Aldo

9

Nascido e criado em Manaus, José Aldo (José Loreto) precisa lidar com conflitos com seu pai, que constantemente bate em sua esposa, além de frequentemente estar bêbado. Aldo, circulava de carro junto com alguns amigos pelas ruas próximo onde morava dando madeiradas. O que numa destas lhe acarretou em um acidente de carro e sua prisão.

            Alimentado por demônios internos, ele acreditava que tinha futuro como lutador e decidiu sair de Manaus e arriscar a vida no Rio de Janeiro, onde o amigo Marcos Loro (Rafinha Bastos) o recebe e o ajuda. Sem emprego, não tinha como treinar então pediu ajuda ao treinador Dedé Pederneiras (Milhem Cortaz), que o arruma um emprego com um amigo em uma lanchonete.

            Na academia onde está hospedado, conhece Vivi (Cleo Pires), uma jovem que constantemente vai à academia e que acaba se tornando a pessoa por quem Aldo fica sempre de olho.

            Aldo em um dia que está trabalhando na lanchonete vê uma cena onde não consegue se controlar. Um cara querendo se aproveitar de Vivi, vendo que ela não está afim, Aldo vai para cima do cara que a esta importunando e assim arma a maior confusão na lanchonete quebrando tudo e assim defende Vivi. Não imaginando que estava sendo visto por Dedé.

            Dedé deu uma grande ajuda para ele depois de ver a briga na lanchonete. Investiu no suposto potencial de Aldo. O longa conta com a direção de Afonso Poyart. Aldo sempre entra nos ringues com a imagem de seu pai espancando sua mãe. Aquilo é como o combustível para que ele lute com mais intensidade. 

13 de janeiro de 2017


Resenha - Um sorriso ou dois

23



Olá, queridos leitores.
Hoje venho com a resenha de um livro de um autor nacional, e que está entre um dos meus favoritos.
Espero que gostem!

Sinopse

Para Frederico Elboni, não existe certo ou errado quando os sentimentos estão em pauta. O que importa é encontrar harmonia e equilíbrio entre quem somos e o que fazemos; entre nossas ações e nossa perspectiva diante da vida.
E, consciente de que mulheres teazem na bagagem alguns conflitos internos em relação ao mundo e aos homens - e haja conflito! - , esse jovem autor se dirige a elas: mulheres apaixonadas, decepcionadas, ingênuas, destemidas... Todas ansiosas por palavras que as façam abrir em seu rosto um lindo e incessante sorriso. Ou dois.


Resenha:

Frederico Elboni é um autor brasileiro, nascido em São Paulo.
Dono do blog " entenda os homens" e de uma página no Facebook onde também publica os seus textos.
Um sorriso ou dois é uma coletânea de contos, textos e algumas frases que ele publicou no blog. E o título era como se fosse o final de todos os textos, em que ele esperava "arrancar" um sorriso ou dois de suas leitoras.
São contos sobre amor, sentimentos, e algumas outras coisas.
A maioria desses contos e crônicas são dedicados às mulheres, porém deveriam ser como um manual para muitos homens seguirem.
É um livro que tem de tudo um pouco: leveza, safadeza e até bom humor.

"Então é assim que a minha felicidade começa: quando o meu sorriso vira consequência do seu."


"...Quando aprendermos a respeitar os momentos, talvez a gente aprenda a respeitar as pessoas."



10 de janeiro de 2017


#Autor parceiro: Edmac Trigueiro

18




Olá, queridos leitores!
Hoje venho com mais uma parceria para o blog.
Em breve teremos resenha e entrevista.
Espero que gostem.

Biografia


Edmac Trigueiro trabalha na área jurídica e é apaixonado por História Natural. Há anos dedica-se ao estudo da origem do universo, da vida e do homem. Mora em Fortaleza com a mulher, três filhos e dois cachorros. Nas horas vagas, gosta de nadar e de correr. Este é seu segundo livro. 







Sinopse "História da vida"



História da Vida é um livro simples e divertido, que narra a história de como surgiu a vida em nosso planeta e como ela evoluiu à luz da ciência. É um livro de divulgação científica, destinado ao leitor comum, que narra, com rigor técnico, a Teoria da Evolução pela Seleção Natural, de Charles Darwin. No livro, o leitor se deparará com origem do primeiro ser vivo, Luca, o ancestral comum de todas as espécies, que surgiu há cerca de quatro bilhões de anos, e acompanhará sua evolução até a aparição da espécie humana, o Homo sapiens.





6 de janeiro de 2017


#Autora parceira: Bruna Girardi Dalmas

27




Olá, queridos leitores!
Hoje venho trazer mais uma parceria que fiz para este ano.
A autora Bruna Girardi Dalmas, que escreveu o livro Drops de menta.
Espero que gostem de conhecer um pouco mais sobre ela.

Biografia:


Sou formada em psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Tenho especialização em Psicologia Organizacional pela Fadergs. Realizo especialização em psicoterapia psicanalítica pelo ESIPP. Membro do Comitê de Psicologia Transpessoal pela Sociedade de Psicologia do Rio Grande do Sul.

  Psicoterapeuta clinica com atendimentos em crianças, adolescentes, adultos, idosos, atendimentos em família com intervenções e acompanhamento terapêutico. Atendimentos podem ser agendados no consultório particular que fica na Felipe Neri 382/505 ou por diversos convênios da clinica Psicovida na Andradas 1234. Os atendimentos particulares são realizados através de uma triagem que se realiza em uma primeira entrevista onde os valores são acertados de acordo com a renda familiar. 
Como escritora tem um espaço da revista online Obvious onde há uma parte voltada para cultura, sociedade, cinema e comportamento humano. Mantenho  um blog chamado Carpinteiros do Universo que deu origem ao livro Conversas que Emagrecem. Este é alimentado com crônicas, poemas, pensamentos e temáticas a respeito de cinema, música e literatura. 




Sobre  Drops de menta:

"O livro Drops de menta é o meu segundo livros de crônicas. Foi lançado pela editora Kázua no dia 07 de Dezembro de 2016. Ele é composto por crônicas surgidas no exercício diário de escrita que abordam temas relacionados ao nosso cotidiano. Há textos que tem a pretensão de provocar discussões a respeito da nossa sociedade, nossos hábitos e as nossas crises. Com isso, é possível que o leitor se identifique com sua vida, associe com suas escolhas independente da  faixa etária. Desta forma, o público seja qual for se sentirá convidado a  experimentar as crônicas como uma força de adoçar e também de refletir a respeito do mundo."

4 de janeiro de 2017


Um Cadáver para Sobreviver

25
Hank (Paul Dano), é um cara que está perdido na vida e em um deserto e está quase pronto para acabar com sua vida. Está sem esperança, sem perspectiva e sem mais nada. Diante de seus olhos uma alma perdida aparece.
            O filme no início é um pouco parado, pois vai apenas mostrando a situação horrível de Hank de ter quem viajar alucinadamente com um corpo morto nas costas.
            Manny, (Daniel Radcliffe), está decidido a permanecer morto e Hank é quem decide mudar os pensamentos de seu companheiro morto enquanto juntos buscam o caminho de volta para casa. Quando em uma caverna Hank está falando algumas coisas aleatórias, Manny começa a falar. E é então quando Hank começa a explicar as pequenas coisas da vida. Muitos assuntos do nosso dia-a-dia são explorados de maneira bem simples.

            O desenvolvimento do restante do filme é muito interessante, tem um toque de humor que é muito contagiante. O drama do filme é bem dosado. A direção do filme fica por conta de Daniel Kwan e Daniel Scheinert. 

30 de dezembro de 2016


#Autora parceira: Luisa Soresini

6




Olá, queridos leitores!
Hoje venho com mais uma parceria com autores nacionais.
O nome dela é Luisa Soresini e é a autora do livro "A filha do norte".
Espero que gostem de conhecer um pouco mais sobre a autora.

Biografia

Meio capixaba, meio mineira, Luisa Soresini Ramalho Diláscio viveu grande parte de sua vida perto do mar, na sua terra natal, Vitória, e passou os últimos quatro anos em Minas Gerais. Ocupa a maior parte de seu tempo como desenhista, poetisa e romancista; o resto ela divide com o trabalho como professora, com a irmã e com seus gatos. Formada em Letras pela Universidade Federal de São João Del-Rei, sempre gostou de ler e escrever, mas em vez de deixar as histórias engavetadas, resolveu trazê-las a público neste seu primeiro livro, A filha do Norte.

Sinopse " A filha do norte"






Tudo começa quando Michelle e Meredith saem para ver as flores. Uma tempestade faz com que a bruxa perca Michelle de vista. A menina, desnorteada, sai em busca de ajuda e avista uma mansão enorme e antiga. Pensando que não mora ninguém na casa, Michelle entra no local para se abrigar e é surpreendida ao ser recebida por uma governanta tão sinistra quanto a casa, que a deixa com medo. Seu instinto lhe diz que há algo de errado, mas essa sensação passa quando entra na casa e se depara com um ambiente completamente diferente daquela fachada macabra que vira. O interior da mansão é maravilhoso, bonito e sofisticado, assim como os seus donos: os irmãos Vergamini.
O que Michelle não imagina é que às vezes é necessário ouvir nossos instintos. Ela está em perigo e talvez nem suas amigas, Elza e Meredith, as bruxas do Leste e do Sul, consigam salvá-la.