14 de junho de 2017


#Entrevista: Diego Martello

21



Olá, queridos leitores!
Após ter ficado duas semanas sem postar nada devido a semana de provas, hoje estou de volta, e com uma entrevista com o autor Diego Martello.  Autor do livro Uma vez você, uma vez eu.
Espero que gostem!

1 - Enquanto está escrevendo o livro, compartilha a estória com alguém para pedir conselhos?
Não. Eu prefiro praticamente terminar o livro, deixar a ideia bem estruturada antes de compartilhar com alguém. Porém, pretendo sempre ter a análise de alguém próximo antes de mostrar para alguma editora ou publicar. 
2 - Como surgiu a ideia para o "Uma vez você, uma vez eu" ?
Ela não surgiu por inteiro e a ideia mudou algumas vezes durante a escrita. Diria que a ideia se construiu aos poucos e ela mesmo tomou forma. Porém, considerando um início bem embrionário poderia considerar que foi o fato de tentar mostrar como nossa percepção pode mudar conforme os fatos também mudam em relação a tudo que me motivou a começar a escrever.
3 - De onde vieram os personagens? 
Boa pergunta. Realmente não faço a mínima ideia rs. Eles foram surgindo conforme o livro foi formando. Não houve qualquer planejamento. Para o próximo livro eu pretendo ter uma fase de planejamento um pouco maior que este meu primeiro. Vamos ver se me dedico mais a construção de personagens. 
4 -  Quanto tempo demorou para escrevê-lo? 
Esta é uma pergunta muito difícil para eu responder, e eu não sei o porque. Tentei responder para outras oportunidades de entrevista mas não tenho muito certo pois foram anotações de vários períodos de minha vida que foram tomando forma e virando um livro. Realmente tenho dificuldade em responder sobre o tempo de escrita deste livro. Para o meu segundo com certeza minha resposta será mais precisa. 
5 - Gosta de escrever em silêncio absoluto ou prefere escrever ouvindo música?
Silêncio absoluto. Eu consigo escrever com barulho, com música e com movimentos ao meu redor. Mas só consigo chegar em algumas conclusões quando eu estou em silêncio absoluto.
6 - Qual o seu livro e autor favorito?
O lobo da Estepe - Herman Hesse 
7 - Como começou o seu envolvimento com a escrita?
Naturalmente. Costumava viver fazendo anotações até que tudo criou forma de livro. 
8 - Qual o seu próximo projeto?


Ele esta acontecendo. Todo dia eu escrevo um pouco. Tenho a impressão que não irei lançar muitos livros, mas os que eu lançar tentarei fazer o meu melhor. A escrita é um hobby e não é minha atividade principal , então,muitas vezes eu priorizo outras coisas, infelizmente. Mas todo dia, pelo menos por alguns segundos (rs) eu tento ter contato com meu prazer de escrever. 

21 comentários:

F disse... [Responder comentário]


Olá
Primeiramente, gostaria de lhe dar os parabéns por essa entrevista. Acredito que posts com esse são muito importantes para a divulgação do autor e de seu desenvolvimento na area. Adorei poder conferir as perguntas e respostas, ambos ficaram ótimas, ainda mais porque eu não o conhecia. Sucesso!!
Beijos, Fer
www.segredosemlivros.com

Delmara Silva disse... [Responder comentário]

Oi
Não conhecia o autor e consequentemente não conheço sua obra, apesar disso o achei bem carismático, suas respostas no mínimo interessantes mostram muito a repeito dele e isso é super legal, poder conhecer tão de pertinho os criadores de histórias do nosso próprio país.

Beijos!

Dani Jardim disse... [Responder comentário]

Olá, tudo bom?

Não conhecia o autor, mas gostei de conhecer um pouco dele na sua entrevista, as perguntas foram muito boas.

Beijos:*

Jéssica Christina disse... [Responder comentário]

Oie, tudo bem?
Ainda não conhecia o trabalho do autor, adorei a entrevista e a oportunidade de conhecer mais sobre sua obra! É um lindo trabalho, parabéns por divulga-lo ♥

Ivi Campos disse... [Responder comentário]

Não conhecia o autor e achei as respostas dele muito sensatas, principalmente a do silencio absoluto para escrever. Acho importante isso, principalmente se os temas precisam ser bem desenvolvido.
Sucesso total pra ele.
beijso

Marijleite disse... [Responder comentário]

Olá, muito legal a entrevista, não me lembro se já conhecia o autor e seu livro mas é sempre bom para mim saber um pouquinho mais sobre o processo de escrita e inspirações de escritores.

Dayane Reis disse... [Responder comentário]

Olá! Apesar do autor não ter feito nenhum planejamento, que bom que deu certo a finalização do livro. Adorei conhecer um pouco do autor e do processo da escrita do livro "uma vez você, uma vez eu". Tomara que o autor lance mesmo muitos livros, desejo sucesso ao autor com os livros e a você com o blog. Beijos'

Nay Sartor disse... [Responder comentário]

Oie! Tudo bem?

Já li o livro do autor e gostei bastante, com certeza quem não conhece a obra dele, pela sua entrevista irá querer realizar a leitura do livro, espero que ele consiga lançar mais livros!

Bjss

Sabrina Finoti disse... [Responder comentário]

Oi!
Ainda não conhecia o autor, mas pela entrevista deu pra perceber que é bem simpatico.
Adorei isso de o primeiro livro ser uma junção de tudo que ele escreveu durante a vida, não sendo capaz mensurar o tempo gasto nessa escrita, parece que foi uma história amadurecida por anos.

Paty Souza disse... [Responder comentário]

Olá.
Gostei de conhecer o Diego e saber sobre o surgimento de seu livro, achei bacana serem anotações de vários períodos de sua vida. A maioria dos autores prefere a paz pra dar o toque especial.
Beijos

Brooke S. disse... [Responder comentário]

Oi, não conhecia o autor e achei bem legal a entrevista - tanto suas perguntas quanto as respostas dele. Confesso que achei bem legal o fato dele não ter tido um planejamento e nem tenha controlado exatamente o processo, foi simplesmente acontecendo e surgindo... acho isso bem interessante! Quanto ao livro, eu fiquei curiosa e vou procurar para saber mais, espero que mesmo que sejam poucas as obras que ele lançar, que eu possa vir a conhecer seu trabalho e desejo todo o sucesso!
Um beijo
www.brookebells.com

Carolina Ramires disse... [Responder comentário]

Olá!
Ainda não conhecia nem o autor e nem o livro, mas fiquei super interessada depois de conferir essa entrevista! Gostei muito de saber um pouco mais do processo criativo e dos próximos projetos, e desejo muito sucesso para ele!
Beijos.

Bruna Costabeber disse... [Responder comentário]

Hey!
Que entrevista mais bacana. Sempre que estou escrevendo algo gosto de compartilhar com as pessoas, não consigo concluir, achei isso muito positivo no autor. Muito bacana, também, o pensamento dele de que ele se empenhará em fazer seu melhor no pouco que fizer. As pessoas deveriam focar mais nisso.
Beijos

Diane disse... [Responder comentário]

Olá...
Adorei a entrevista!
Não conhecia o autor mas, gostei de conhecê-lo nesta entrevista! Deu pra conhecer um pouco de seus pensamentos e de seus trabalhos.
Adorei
Bjo

Rayanni kellsin disse... [Responder comentário]

Olá, tudo bem?
Adorei a entrevista, amo conhecer autores que não conheço e conhece-los bem a fundo.
Quero ler uma resenha de sua obra, um beijo.

Charlene Cíntia disse... [Responder comentário]

Olá!que top está entrevista
Conhecer novos autores e tuas obras é uma coisa maravilhosa.somos sempre surpreendidos .amo quando ocorre isto
Parabéns pela entrevista
Amei conhecer o autor

Júlia Oliveira disse... [Responder comentário]

Eu não conhecia o autor, foi bom ter lido a entrevista para poder conhecê-lo melhor. Vou procurar mais informações sobre a obra para ver se surge o interesse. Beijos!

Profissão: Leitora disse... [Responder comentário]

eu simplesmente amo entrevistas, é uma maneira bacana de conhecer um pouco mais do escritor e de suas obras. Eu não conhecia o Diego e adorei conhecer um pouquinho mais. Fiquei curiosa pra saber mais de suas obras.

;D
Nelmaliana Oliveira

As Meninas que leem livros disse... [Responder comentário]

Não conhecia esse autor nem suas obras. Gosto sempre de ler entrevistas, pois nos aproximam mais dos autores que tantam nos encantam com suas palavras. E sou como ele, não consigo escrever com barulho, haha!

Abraços!
www.asmeninasqueleemlivros.com

Dani Jardim disse... [Responder comentário]

Olá, tudo bom?

Achei bem interessante sua entrevista, é sempre bom conhecer os autores do nosso país. Ao contrário dele eu só gosto de escrever quando estou ouvindo música parece que eu fico mais inspirada. Vou aguardar resenha da obra do autor.

Beijos:*

Francine Nunes disse... [Responder comentário]

Olá!
Escrever um livro é algo tão fantástico, você começa história, mas ela ganha vida e segue seu curso por conta própria. Eu pensava que era só comigo rs, mas pela entrevista percebi que não.
Abs e sucesso ao autor!