20 de março de 2017


Resenha: Uma chance para recomeçar

22




Olá, queridos leitores!
Hoje venho com mais uma resenha de um dos autores nacionais parceiros do blog. E dessa vez é a autora Diana Scarpine, com o livro Uma chance para recomeçar.
Espero que gostem e que possam dar uma chance a essa estória.

Resenha:

O livro é narrado em terceira pessoa. Os capítulos são divididos entre situações que acontecem com os dois personagens. Ora com Carina, ora com Aurélio. Facilita bastante o entendimento. Adorei essa divisão.


Em uma chance para recomeçar conhecemos Carina, uma mulher bem-sucedida, que trabalha muito, porém vive estressada e em seu mundo de solidão.
E Aurélio, um homem que sofreu um acidente de carro há 10 anos e que além de perder a mulher Amália e a filha Talita, perdeu a visão e queimou 50% de todo o seu corpo. 
Duas pessoas tão diferentes e ao mesmo tempo parecidas.
Vivem na mesma solidão.
Ao ter uma paralisia facial devido ao estresse com o trabalho, Carina acredita que irá morrer, e decide tentar mudar o seu modo de vida.
Em um dos dias que está fazendo a fisioterapia que lhe foi recomendada, ela conhece uma senhora que recomenda que faça uma massagem com o massoterapeuta Aurélio.
E foi assim que os dois se conheceram. Em um primeiro momento, Carina não percebe que Aurélio era cego. Em uma situação constrangedora entre os dois, por um engano, Aurélio acredita que Carina seja mais uma dessas pessoas preconceituosas e que irão o chamar de monstro.
Com o passar dos dias, e Aurélio vai conhecendo Carina e percebendo que ela não era o que ele imaginava: preconceituosa.
Na verdade, Carina foi uma das poucas mulheres que se aproximou de Aurélio ao longo de 10 anos, e que nem se importou com a sua aparência.
Ao passar dos dias, Aurélio e Carina vão se aproximando, e vai nascendo uma amizade diferente entre os dois.
Diferente porque Carina acaba se apaixonando por Aurélio, e não é correspondida, pois sabe que Aurélio ainda é fiel a sua esposa morta: Amélia.
Em muitos momentos que estão juntos, em alguns se dão super bem, e em outros, brigam bastante.
Durante o decorrer da estória é bastante comum o desentendimento, as brigas entre eles. Porém, não conseguem passar muito tempo sem se verem.
Em meio a esses desentendimentos, podemos ver como surge um amor puro, sem preconceitos, sem aparências. O mais belo dos amores.
Vemos nessa estória também, que ainda existe bastante preconceito em relação a deficiência, independente de qual seja. As vezes até a própria pessoa não se aceita. Sim, isso acontece. 
Podemos acompanhar também o processo de aceitação,  de como o amor é capaz de fazer superar as barreiras mais difíceis. E não posso esquecer de comentar sobre o perdão. De como é difícil passar por esse processo lento e doloroso, e que por muitas vezes podemos achar que não há solução, mas que todos devemos ter Uma chance para recomeçar.

22 comentários:

Helyssa Santos disse... [Responder comentário]

Oi, gostei bastante da sinopse é sua resenha foi o que terminou de me encantar, estou animada para conhecer essa história de amor. Bjs

Blog Desencaixados disse... [Responder comentário]

Olá,

Sigo alguns blogs e vi muitos deles resenhando esse livro e sinceramente, estou louco para fazer a leitura dele. Cada resenha que leio é uma crítica positiva diferente de outra que me anima bastante, ainda não tive a oportunidade de fazer a leitura, mas assim que surgir irei fazer! ♥

→ desencaixados.com

Diana Scarpine disse... [Responder comentário]

Muito obrigada pela linda resenha, Letícia!

Abraço,
Diana Scarpine.

F disse... [Responder comentário]

Ola
Eu já li algumas resenha a respeito desse título e todas, assim como a sua, são bem positivas e me deixam bem empolgada para querer iniciar a leitura logo. Achei legal que ha essa divisão entre os personagens, acredito que facilita ainda mais a compreensão né?!
Beijos, F

Crislane Barbosa disse... [Responder comentário]

Oi, Feliciity!
Já vi muitas resenhas desse livro e ele não me encanta. Parece ter uma história bacana, mas o arrastado da história que vi as pessoas falando não me atrai nem um pouco. Justamente essas brigas o tempo todo dos protagonistas que iam me deixar bastante irritada. :/ Mas fico feliz que você tenha aproveitado a leitura. ^^
Ainda assim, obrigada pela dica.
Beijão!
http://www.lagarota.com.br/
http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

Bruna Costabeber disse... [Responder comentário]

Olá!
Adorei conhecer essa obra e, principalmente, suas impressões. A autora escolheu trabalhar temas complicados, mas parece ter feito isso muito bem. Sinto-me feliz ao saber de um livro assim, mas triste, por saber que ele é bem perto da realidade.
A capa e o título são maravilhosos e, sem dúvidas, vou anotar a dica.
Beijos

Estilo Gisele disse... [Responder comentário]

Olá,
vi alguns blogs resenhando este livro. Não consegui formar uma opinião a respeito, essa coisa da briga constante, acho cansativo. Ao mesmo tempo, a estrutura do enredo parece ser bacana, então realmente ainda não decidi se será ou não uma leitura futura.
Beijos
www.estilo-gisele.blogspot.com.br

Nay Sartor disse... [Responder comentário]

Oie! Tudo bem?

Eu já li muitas resenhas sobre esse livro e todas com as opiniões parecidas com a sua, principalmente no arrastar da história, eu como fujo de romances grandes como esse, continuo passando a dica! Mas não nego que tenho um pouco de curiosidade de conhecer mais da obra!

Bjss

Carla disse... [Responder comentário]

Oie!
Gosto quando o autor traz um amor belo e inspirador.
Eu ainda não tive a oportunidade de ler o livro, mas fiquei bem empolgada para ler. Acredito que vou gostar bastante dessa história e personagens.
Bjks!
Histórias sem Fim

Thiana Santana disse... [Responder comentário]

Olá,
Li esse livro e fiquei completamente encantada. Em alguns momentos foi um leitura cansativa, mas era impossível largar. Ri, sofri junto com a Carina e amei demais essa trama.
Apesar de extenso não queria que o livro acabasse.

Bjs,
Garotas de Papel

Maria Luíza Lelis disse... [Responder comentário]

Olá, tudo bem?
Fiquei bastante curiosa para ler este livro. Apesar do enredo ser um pouco clichê, gostei do modo como o romance parece se desenvolver. Não gosto de livros em que o casal mal se conhece e já estão perdidamente apaixonados. Pelo que percebi na sua resenha, o romance é gradual e começa com o surgimento de uma amizade.
Gostei bastante da resenha e dos aspectos do livro que você abordou. Espero poder fazer a leitura em breve.
Beijos!

Carol Mendes disse... [Responder comentário]

Sempre vejo resenhas positivas desse livro, que fazem minha vontade de ler aumentar.
A história parece linda, muita inspiradora, pra nos fazer refletir e espero ter a oportunidade de ler em breve.

Virando Amor

Carolina Ramires disse... [Responder comentário]

Olá!
Acho esse tema de aceitação muito legal, e estou bem curiosa para conferir esse livro, depois de ver tantas resenhas positivas. Adoro quando a obra intercala os pontos de vista, nos mostrando sempre os dois lados da moeda.
Beijos.

Grazi Moraes disse... [Responder comentário]

Oie amore,
Que capa mais amor...
Essa coisa de o amor surgir em meio a desentendimentos me interessou. Dica anotada!
Beijokas!

Amanda disse... [Responder comentário]

Oi, tudo bem?
Ultimamente tenho visto muita gente falando bem desse livro e minha curiosidade em relação à obra só aumenta. Acho interessante como o relacionamento entre os personagens é desenvolvido, já que a aparência de um deles não é das melhores, e creio que isso irá mostrar que o amor vai muito além disso e que pode até mesmo mudar a forma que a pessoa se enxerga, passar a se aceitar também. Afinal, como amar outra pessoa se é incapaz de amar a si mesmo, certo? Dica anotada!

Beijos! ♥

Ana Gabriela disse... [Responder comentário]

Tenho visto várias resenhas positivas do livro e tô bem interessada na leitura. O enredo tem pontos diferentes... isso de inserir aceitação na história. gostei!
Fora que a capa é bem linda.
www.belapsicose.com

Dayhara Martins disse... [Responder comentário]

Todas as resenhas que li sobre esse livro ressaltava sobre a auto aceitação e isso é tão bacana! É muito interessante ver que um romance fugil de todos os padroes e ainda assim não decaiu na qualidade.

Nayara Borges disse... [Responder comentário]

Olá!
Essa história me chamou muita atenção e eu nem sei dizer porque, talvez seja por causa dessa questão do preconceito, da aceitação e do perdão. Apesar de romance não ser o meu gênero preferido, eu acho que me daria super bem com essa história. Com toda certeza eu vou colocar na minha lista, obrigada pela dica.
Beijos,
Nay
Traveling Between Pages

As Meninas que leem livros disse... [Responder comentário]

Li muitas coisas boas acerca desse livro, mas não sinto que seja uma leitura para mim, apesar de todos os elogios os quais tomei conhecimento.

É sempre bom ver que antes temas que não eram abordados, hoje aparecem com tanta frequencia nas leituras! Significa que, pelo menos em alguns pontos, estamos evoluindo como sociedade!

Abraços!
www.asmeninasqueleemlivros.com

Amanda Colares disse... [Responder comentário]

Olá!
Achei o enredo bem interessante, ainda mais por se tratar de um romance que passa por cima de todo e qualquer preconceito.
Imagino que seja uma história deliciosa e de aprendizado, que nos faz repensar em como são as relações nos dias de hoje.
Um beijo.

www.asmeninasqueleemlivros.com

Tamara Padilha disse... [Responder comentário]

oie, sempre que vejo falar sobre esse livro, fico com mais vontade de lê-lo, pois eu sou deficiente visual e gosto de ver como os autores trataram cegos em suas tramas. Gostei de saber que é um romance cheio de brigas, desentendimentos e ao mesmo tempo amor, e que ambos aprendem um com o outro. espero ler.

Livros & Tal disse... [Responder comentário]

Oiee!!
Ai que capa linda... eu tenho lido bastante resenhas sobre esse livro, a capa é extremamente charmosa e amo romances... definitivamente esse livro é o meu numero, por isso, adicionei na minha lista de desejados haha

beijos
Livros & Tal