16 de abril de 2013


#Livros lidos: À primeira vista

6


Olá, queridos leitores!
Hoje venho com mais uma resenha, e de um dos meus autores favoritos. Como já falei um monte de vezes aqui no blog. =D
Tio Nich. Para quem não sabe, Nicholas Sparks.
Talvez vocês pensem que gosto de um drama. Pra falar a verdade, não. 
Mas o tio Nich, com sua escrita e romantismo, me conquistaram desde quando li a primeira página do primeiro livro dele que tive a oportunidade de ler.
Que na época, foi o Querido John.
Mas, não é sobre ele que venho falar.
À primeira vista acabou se tornando um dos meus livros favoritos. Ainda não li todos do tio Nich, mas em breve estarei lendo todos para ver se terei mais algum favorito além deste.
Ah, não posso esquecer de comentar, que este, foi o livro que mais chorei em toda a minha vida.
Mais do que em O amor para recordar.
Isso é muito sério.
Enfim, vamos a resenha.

Resenha:

A história gira em torno de dois personagens: Jeremy Marsh e Lexie Darnell.
O nome do livro faz jus a história. Eles se apaixonam à primeira vista
Jeremy já foi casado, e nunca teve filhos. E trabalhava como escritor colunista.
Depois de casado, Jeremy afirmava que não queria casar, nem se mudar de Nova York e nem ter filhos.
Porém, tudo isso muda após conhecer Lexie.
Em muito poucos dias, Lexie já está grávida de uma menina e já marcam a data do casamento.
Mesmo sem se conhecerem bem, estão apaixonados.
E Jeremy não se importa com o que seu melhor amigo Alvin acha disto.
Lexie que morava em uma cidade pequena, chamada Boone Creek, localizada na Carolina do Norte, queria continuar morando lá, e levou junto Jeremy.
Após estas mudanças, Jeremy começa a ter uma crise criativa em que não consegue mais escrever suas colunas.
Com o tempo, Jeremy e Lexie compram um carro, uma casa e assim vão vivendo felizes.
Pelo menos, é o que Jeremy diz, pelo bem de Lexie e da menina que está esperando, sexo definido por Doris, avó de Lexie, que parece ter o "dom da adivinhação".
Algum tempo depois, Jeremy recebe um email anônimo, indagando se a filha que Lexie espera é realmente dele. Depois desse email, começam várias discussões e brigas. E a cada dia que passa Jeremy desconfiando mais de Lexie.
A gravidez de Lexie não é tão tranquila como esperada por eles. Todos os meses indo ao médico para ver se estava tudo bem com a menina.
Mesmo eles, se amando muito, como eles mesmo dizem, mesmo passando por problemas, acabam sempre se desculpando. 
Posso afirmar que, À primeira vista, é como uma "lição". Muitos casais que se casam acabam passando por problemas, mas se o amor prevalecer, conseguiram passar por cima de tudo juntos.
Não sei bem como é a vida de casados. Ainda não passei por isso.
Mas muitos desses casais acabam desistindo. O que não foi o caso de Jeremy e Lexie.
Eles não desistiram. Lutaram juntos até o final. Até a parte em que o pastor falou: "e pode beijar a noiva". E mereceram essa felicidade.
Mas ainda depois de tudo, tem a gravidez de Lexie, que como eu disse, não foi tão tranquila.
Estavam muito tristes, cansados, por pensarem que poderiam perder o bebê e nunca mais ter a chance de poder ter um.
Jeremy não podia ter filhos. Um dos motivos pela sua ex esposa querer se divorciar.
Mas ainda assim, Lexie estava grávida. E era mesmo filha do Jeremy. Então, achavam que isso era realmente uma grande injustiça.
Mas ainda se amavam.
Um estava lá pelo outro. Jeremy parecia estar sempre forte, para ajudar Lexie.
O que na verdade, é mentira. Ele queria mesmo era desabar, chorar. E não podia. Por Lexie.

Leitores, sem mais delongas, se não acabo perdendo o rumo e acabo contando tudo.

Mas enfim, amei o livro. Na verdade, mais do que isso.
Esse é um daqueles livros que faz a gente suspirar, querer ter um parceiro como o Jeremy.
Enfim, só vão saber mesmo depois de lerem.
Então, leiam e me contem depois.
Ah, & comentem.


"Eu o amo pela maneira como você agiu desde que soubemos da Claire.
   Porque você sempre parece ter certeza de que tudo vai dar certo, porque toda vez que eu fico triste você sabe o que dizer e o que fazer.
Mas acima de tudo, eu amo você pela pessoa que você é e quero que saiba que eu faria qualquer coisa para ajudá-lo."  Lexie para Jeremy



6 comentários:

Guilherme disse... [Responder comentário]

Acredita que nunca li nada do Nicholas, mas esse parece uma boa pedida para começar em, embora não seja por ele que eu queira ^^

Beijos.
Guilherme - http://umcompulsivoleitor.blogspot.com.br/

Dryh Meira disse... [Responder comentário]

Oiee, tudo bem?
Já li esse livro mas não gostei muuito.
É legal, mas acho que estou cansando dos livros do Nicholas, parecem ser todos iguais.
Adorei a resenha, se não tivesse lido o livro, leria por causa da sua resenha.
MilkMilks
DM
http://shakedepalavras.blogspot.com.br

Bia Rodrigues disse... [Responder comentário]

Acho que para quem gosta de romance não tem como não sentir vontade de ler esse livro *-*

Beijos
Pepper Lipstick

Aryane Camp disse... [Responder comentário]

Eu adoro os livros do Nicholas, sempre acabo chorando rsrsr acho que o que mais chorei é diarios d uma paixão, eu quero muito este livro sua sortuda, amei sua resenha, me fez ter mais vontade ainda de ler o livro.
Love Jeremi rsrs
fico atenta para as próximas resenhas.
Bjs flor

http://minhaestanteliteraria.blogspot.com.br/

Aryane Camp disse... [Responder comentário]

Oi flor, tem tag para voce lá no blog, dá uma olhadinha:
http://minhaestanteliteraria.blogspot.com.br/2013/04/tag-alfabeto-literario.html

Juliana Erdmann disse... [Responder comentário]

Esse deve ser uns daqueles livros de chorar e gritar não é justo!!
Nicholas deperta isso na gente,porisso amor ele.
beijo
http://melanciapink.blogspot.com.br/